Cajamar prioriza a criança

“Queremos nosso aluno feliz e trabalhamos para que ele possa ser atendido em suas necessidades primordiais”

Rede de Educação de Cajamar
Creches: 2
Pré-escolas: 8
Escolas de ensino fundamental: 14
Crianças atendidas pela rede: 7.200
Professores: 243

Nossa cidade dedica seus esforços para a formação básica do cidadão de amanhã. Nessa caminhada, uma das metas principais da diretoria de educação tem sido desenvolver sistema educacional, melhorando a qualidade do atendimento à criança. A municipalização do ensino, em 1997, nos beneficiou, pois assumir a total responsabilidade em relação à educação permitiu que passássemos a oferecer um serviço com a mesma filosofia para todas as crianças.

Estamos sintonizados com o corpo de professores e demais profissionais das unidades escolares, acompanhando-os em reuniões e supervisão de trabalho, inclusive contando com a assessoria de centros de estudos especializados. Nossos projetos educacionais de aprimoramento pedagógico estão ganhando notoriedade na região, pois já é possível sentir uma significativa diferença na produção intelectual dos estudantes da rede, cujo interesse em aprender está cada vez mais estimulado.

Também acompanhamos os Conselhos Municipais e as famílias de alunos e percebemos avanços nos últimos anos: os pais se aproximam da escola, participam mais das atividades, e isso nos deixa satisfeitos, pois temos certeza de que esse é o melhor caminho para construirmos uma sociedade próspera.

Exemplo de Prática Pedagógica
Um dos resultados do investimento na formação pode ser observado na proposta pedagógica e na qualidade do trabalho que os professores desenvolvem com as crianças, como vemos no exemplo das professoras Edna e Amanda.

Cultivar o hábito de recitar parlendas, esse patrimônio cultural tão rico que faz parte do folclore brasileiro, despertar o interesse pela riqueza da nossa língua, pela magia das palavras, das rimas e repetição dos sons, o prazer pela comunicação, recitando e se divertindo. Esses são os objetivos de nosso trabalho. Por meio dele, as crianças puderam produzir um livro de parlendas acompanhado de uma fita gravada por elas mesmas. Para tanto, tiveram de passar por várias etapas de trabalho:

  • ouviram CDs de parlendas;
  • pesquisaram com os pais e avós as parlendas conhecidas por eles;
  • reescreveram e leram algumas parlendas, mesmo que não o fizessem de forma convencional;
  • recitaram parlendas em diferentes momentos, inclusive para os pais e colegas da EMEI;
  • escolheram as preferidas e as copiaram de diversos portadores e ilustraram para fazer parte do livro;
  • criaram uma parlenda seguindo a estrutura do texto;
  • identificaram sons das parlendas nos CDs e reproduziram alguns com
  • instrumentos musicais e com o próprio corpo para compor o fundo sonoro da fita;
  • gravaram em fita K7 as parlendas para que outras crianças pudessem ouvir e se divertir.

(Matilde Helena Rossini Rafael, diretora de educação do município de Cajamar)

Ficha técnica:

Matilde Helena Rossini Rafael é diretora de educação do município de Cajamar. O projeto de parlendas foi desenvolvido pelas professoras Amanda Letícia e Edna Pavão, da E.M.E.I. do Distrito do Polvilho.

  • E.M.E.I. do Distrito do Polvilho. Rua Floreal s/nº, Cajamar, CEP 07750 000 SP. Tel: (11) 4448-1970.

Este conteúdo faz parte da Revista Avisa lá edição #9 de janeiro de 2002. Caso queira acessar o conteúdo completo, compre a edição em PDF ou impressa através de nossa loja virtual – http://loja.avisala.org.br

Posted in Formação nos Municípios, Revista Avisa lá #09 and tagged , , .