Mobilização Ocupação Criança: práticas selecionadas – 4a. Mostra

A Mobilização Ocupação Criança é uma iniciativa do Instituto Avisa Lá em parceria com a Undime, Unicef e Instituto Alana.

Objetiva reconhecer o trabalho dos professores, diretores e CPs. das redes públicas e conveniadas de Educação Infantil e dos primeiros anos do Ensino Fundamental, bem como das Secretarias Municipais de Educação, em todo o país.
A Mobilização dá visibilidade às experiências que valorizam as produções infantis,  além de possibilitar a reflexão sobre ações pedagógicas resultantes da atividade da própria criança, incentivar a adoção de práticas que respeitem os direitos de aprendizagem e possibilitem o desenvolvimento de habilidades, segundo a BNCC.

A cada ano as mostras do Ocupação Criança apresentam práticas mais qualificadas, revelando as singularidades das manifestações infantis.

Conheça as práticas selecionadas da Mostra 2019!

Práticas de Leitura na Escola

“Práticas de Leitura na Escola” é uma parceria entre o Instituto Avisa Lá e a Companhia das Letras. São 3 séries de vídeos com 6 episódios cada uma, onde as formadoras do Avisa Lá e convidados abordarão diversas práticas de leitura, darão dicas de livros de literatura e de não ficção e muito mais.

Projeto Comer e Brincar na Escola Serve Para Quê?

Desenvolvido pelo Avisa Lá, com apoio da Fundação Cargill, o projeto propõe a capacitação de profissionais da Educação Infantil para o desenvolvimento de boas práticas voltadas para a educação alimentar e movimento em escolas de cinco municípios no interior de São Paulo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza a alimentação saudável aliada a prática de atividade física como estratégias efetivas para reduzir doenças e mortes no mundo, em conformidade com a ODS 3. Como a formação de hábitos se dá desde cedo, as boas práticas alimentares e de atividade física devem ser vivenciadas também na escola, espaço privilegiado de construção de conhecimento, aquisição de valores e formação de atitudes.

No Brasil, a Lei Federal 11.947, presente no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), determina as diretrizes da alimentação escolar que devem garantir, entre outros pontos, a inclusão da educação alimentar e nutricional no processo de ensino e aprendizagem. Nessa perspectiva, a escola se apresenta como uma instituição relevante por seu poder de atuar com profissionais da educação e alimentação em conjunto com as crianças.

Notícias – Programa Formar DELP

Encontro com CPs em Castro – PR

Em setembro, o Instituto Avisa Lá parceiro técnico da Fundação Lemann e das Redes Municipais de: Aquiraz (CE); Castro ( PR); Franca ( SP); Francisco Morato ( SP) e Mogi das Cruzes ( SP), no Programa Formar DELP, realizou o 1o. Seminário nos municípios participantes.

Durante dois dias de ação presencial em cada rede as formadoras Carla Tocchet e Celia Prudêncio realizaram formação com professores de 3o. a 5o. ano, com Coordenadores Pedagógicos das escolas participantes, equipe de formadoras locais, além de visitarem a duas escolas sempre acompanhadas pela equipe técnica.

Essa formação presencial no município faz parte de um conjunto de ações que visa contribuir para qualificar a prática pedagógica de leitura e escrita dos anos iniciais das escolas públicas de ensino fundamental tendo como referência a BNCC, com professores, coordenadores e equipe técnica como sujeitos da formação.

 

 

Visita a escola participante do Formar DELP pela formadora IAL e equipe técnica em Franca

Encontro de Formação realizado em Aquiraz – CE
Encontro com Coordenadores Pedagógicos de Mogi das Cruzes – SP
Encontro com professores da rede municipal de Francisco Morato

Curso BNCC para bebês

Divulgação do curso

BNCC – foco nos bebês

O Avisa Lá e o Singularidades prepararam este curso para professores de berçário, com o apoio do Movimento pela Base Nacional e Fundação Maria Cecília Souto Vidigal!

Com conteúdo gratuito, o curso de 10 horas visa materializar os princípios propostos pela BNCC para a educação infantil com o foco nos bebês de 0 a 1 ano e 6 meses.

O curso possibilita reflexões sobre as práticas pedagógicas com bebês, pautadas pela proposta da BNCC, relativas aos direitos de aprendizagem e desenvolvimento a partir de proposições e objetivos
organizados por diferentes campos de experiências.