Observar para aprender o mundo

Crianças de quinto ano revelam sua trajetória como leitoras e a importância de alguns influenciadores: escola e família
Curiosos, os alunos descobrem mais sobre o caranguejo de água doce Foto: divulgação Escola Santi

Curiosos, os alunos descobrem mais sobre o caranguejo de água doce (Foto: divulgação Escola Santi)

Propor situações de estudo de Natureza e Sociedade para crianças de dois anos é um grande desafio. Em 2007, nós, educadores da Escola Santi, em São Paulo (SP), reavaliamos o que estávamos propondo para os alunos dessa faixa etária. Constatamos que um dos focos era organizar um estudo que possibilitasse aos alunos uma primeira aproximação com a observação científica, conteúdo procedimental essencial das Ciências Naturais.

Para crianças de dois anos, o contato direto com o objeto de estudo é fundamental para mantê-las envolvidas. No jardim da escola, temos dois jabutis – Inácio e Martin – que são cuidados e alimentados pelos alunos do T2 todos os dias da semana. Aproveitando-nos dessa situação, organizamos um projeto de observação e comparação entre os jabutis e outros animais trazidos por alunos de outras séries da escola. Por meio da observação e do convívio, nosso objetivo era que as crianças pudessem perceber as características físicas, hábitos alimentares e alguns cuidados básicos, além de estabelecerem comparações quanto a semelhanças e diferenças entre os jabutis e os animais que seriam trazidos à escola.Continue lendo >

Voando alto

O estudo das aves dá asas à imaginação, desperta a curiosidade e estimula o conhecimento das crianças. Nesse percurso, a produção de desenhos contribui para a observação e a pesquisa da turma
passaros8.jpg

Desenhos feitos pelas crianças do pré 2, do Colégio Santa Cruz e ilustrações de pássaros retiradas do livro Brasil 500 Pássaros, Eletronorte, 2000

Ao longo de um semestre, os alunos do Pré 2, com 5 anos de idade, estudaram as aves. As propostas desenvolvidas durante esse período favoreceram rodas de conversa, atividades de observação e registro, além de pesquisas e muitas descobertas. Como sabemos, do estudo nascem dúvidas, e com este assunto não foi diferente: as crianças trouxeram para as conversas suas certezas, fizeram conjecturas e demonstraram curiosidades que desencadearam um movimento de observação e pesquisa acerca do mundo das aves:Continue lendo >