As inscrições para os cursos do 2º semestre de 2016 estão abertas

O papel do diretor e a formação continuada da equipe

O cotidiano do diretor é bem atribulado, repleto de tarefas que precisam ser cumpridas, afinal ele é o responsável pela concretização do Projeto Político Pedagógico e, em última instância, pelo bom funcionamento da unidade. Entretanto, entre tantas tarefas administrativas, as ações de formação da equipe, diretamente, relacionadas às questões pedagógicas, acabam ficando em segundo plano.  Como reverter este quadro e construir processos participativos com a equipe escolar? Como construir a autonomia dos profissionais da escola e engajar todos em torno de objetivos comuns? Como transformar algumas situações que envolvem toda equipe?

A proposta deste curso é fortalecer o papel do diretor como liderança de sua equipe de trabalho para: implantar uma estrutura de formação continuada para todos os profissionais da escola; estabelecer parceria com o coordenador pedagógico (e demais gestores quando houver); organizar a rotina do diretor com a inclusão das ações relacionadas à formação continuada; realizar observações sobre situações que deseja transformar e, por fim discutir sobre as ações envolvendo toda a equipe num Projeto Institucional.

Público Alvo: Diretores da Educação Infantil.

Além da Fralda – leitura para bebês

Desde os primeiros meses de vida, as histórias podem fazer parte da vida infantil. Ao ler ou contar histórias para bebês e crianças pequenas, os professores abrem caminhos para uma interação surpreendente com os mundos oferecidos pela literatura.

Ler para os bebês é importante? O que se passa com os bebês quando lemos para eles? Qual é o papel do adulto que lê para bebês? Ler ou contar histórias para bebês? Que tipo de livros são interessantes para essa faixa etária? Como criar um ambiente de leitura no berçário?

Essas e outras questões serão abordadas neste curso, onde professores de 0 a 3 terão oportunidade de estudar, discutir, ampliar o conhecimento sobre essa temática que é nova para muitos além de trocar experiências.

Público Alvo:
Professores de 0 a 3 anos.

O ensino e a aprendizagem dos números e do sistema de numeração na Educação Infantil

Como as crianças constroem os conhecimentos matemáticos relativos ao eixo números e sistema de numeração? Quais são os conhecimentos envolvidos no processo de construção do número e nas análises numéricas que as crianças fazem? O que seriam boas situações de aprendizagem dos números e do sistema de numeração na educação infantil? Questões como essas fazem parte do cotidiano dos profissionais da Educação Infantil quando se pensa o ensino de Matemática para os pequenos.

Neste curso o propósito é discutir, por meio da análise de práticas em sala de aula, questões relativas ao ensino e a aprendizagem dos números e do sistema de numeração nas classes de Educação Infantil, instaurando novas reflexões, compartilhando experiências e ampliando o repertório docente com boas propostas tendo como pressupostos os estudiosos da Didática da Matemática, suas pesquisas, investigações e contribuições recentes.

Público Alvo: Professores, coordenadores de Educação Infantil.

Como Elaborar Portfólios? Princípios Norteadores para a elaboração desse instrumento

Este curso pretende contribuir para que os educadores possam aprofundar o conhecimento sobre formas de elaborar portfólios envolvendo a participação de crianças, adolescentes e familiares na avaliação do processo de aprendizagem a partir da análise de bons modelos assim como estudo teórico. A análise de portfólios trará, aos educadores, subsídios para que toda a documentação produzida na escola possibilite a reflexão e a tomada de decisão em prol do avanço de todos os envolvidos no processo educativo, além de ressaltar princípios norteadores para que este instrumento possa ser elaborado de maneira adequada e consistente.

Público alvo: Professores e Coordenadores de Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1.

Documentar para avaliar –  a documentação pedagógica como uma possibilidade formativa para adultos e crianças

Tanto na Educação Infantil, quanto nas séries iniciais, as crianças produzem inúmeros materiais que podem ser considerados como “documentação pedagógica” e que, portanto, deveriam estar a serviço de uma avaliação processual e formativa. Mas, muitas vezes, os processos avaliativos ocorrem de maneira independente.
Este curso busca analisar teoricamente o significado de avaliação formativa, além de instrumentalizar os educadores em reflexões que contribuam para estabelecer e orientar parâmetros para a elaboração dos mais variados instrumentos e registros de percurso.

Público alvo: Professores e Coordenadores de Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1.

Estratégias de formação – tematização de práticas

A tematização da prática educativa é uma estratégia de formação muito falada, mas pouco efetivada pelo coordenador no dia a dia das escolas. Como a partir de uma atividade planejada e desenvolvida pelos professores é possível extrair novos conhecimentos didáticos? Como fazer para socializar as reflexões para o grupo de professores sobre sua responsabilidade? Nesse curso vamos discutir o uso da tematização de práticas educativas, as hipóteses dos professores ao planejar uma atividade e exercícios práticos que visam apoiar o planejamento dessa estratégia pelo coordenador pedagógico.

Público-alvo: Coordenadores de Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1.

Início dos cursos: 15/08/2016 (duração de 12 semanas / 60 horas)
Custo por aluno: R$390,00 ou até 3x de R$130,00 sem juros no cartão.

Faça sua inscrição através de nossa loja virtual em http://loja.avisala.org.br/cursos

Consulte-nos a respeito de preços especiais para grupos de participantes de uma mesma instituição (11) 3032-5411

Tags: ,

Fazemos Parte

Facebook

Google+