AVISA LÁ INDICA: DEZ LIVROS QUE TODAS AS PROFESSORAS ALFABETIZADORAS PRECISAM CONHECER!

1. Ler e Escrever na escola: o real, o possível e o necessário

Com embasamento teórico consistente, este livro ajuda os educadores na compreensão do que precisa ser ensinado quando se quer formar leitores e escritores de fato. Delia Lerner também explicita a importância de o professor criar condições para que os alunos participem ativamente da cultura escrita desde a alfabetização inicial, uma vez que constroem simultaneamente conhecimentos sobre o sistema de escrita e a linguagem que usamos para escrever.
Autora: Délia Lerner
Editora:
Artmed, 2002

2. Reflexões sobre a Alfabetização

Emília Ferreiro, grande pesquisadora, descreve o processo de aprendizagem da escrita – a “psicogênese da língua escrita” e abre espaço para um novo tipo de estudo na pedagogia. Ela desloca a investigação do “como se ensina” para “o que se aprende”. O processo de alfabetização nada tem de mecânico, do ponto de vista da criança que aprende. A criança constrói seu sistema interpretativo, pensa, raciocina e inventa buscando compreender esse objeto social complexo que é a escrita. Essa mudança conceitual sobre alfabetização propõe mudanças profundas na forma de ensinar.
Autora: Emília Ferreiro.
Editora: Cortez, 1995

3. Passado e Presente Dos Verbos Ler e Escrever

Este livro propõe ao leitor uma reflexão sobre as práticas de leitura e escrita e a importância da diversidade no processo de alfabetização. O livro reúne trabalhos apresentados pela autora em diversos congressos. A leitura é uma viagem pelos tempos dos verbos ler e escrever e um convite à reflexão, já que abre caminhos para a qualidade da aprendizagem e para a atuação reflexiva daqueles que se comprometem em transformar as práticas de leitura e escrita.
Autora: Emília Ferreiro
Editora Cortez, 2012

4. Reflexões sobre o Ensino da Leitura e da Escrita

Livro baseado em documentos produzidos pelos professores da Escola Municipal Casas de Barcelona, Espanha, que desenvolvem um trabalho bastante inovador junto aos seus alunos. Têm obtido grandes resultados no que diz respeito ao interesse dos mesmos em aprender. Além de apresentar as bases psicopedagógicas que fundamentam o trabalho com a leitura e a escrita, o texto traz toda a emoção dos relatos dos professores diante do espantoso interesse e conseqüente progresso de seus alunos. A sua publicação no Brasil é de grande importância num momento em que tanto se discute a qualidade da formação dos nossos professores.
Autoras: Ana Teberosky e Beatriz Cardoso
Editora: Unicamp, 1989

5. O diálogo entre o ensino e a aprendizagem

Analisando experiências de professores, a autora demonstra que ensino e aprendizagem são processos distintos que precisam ser articulados para que a ação do professor impulsione o aprendizado do aluno.
Autora: Telma Weisz
Editora: Ática, 2002

6. Alfabetização em processo

A autora aborda o problema cognitivo envolvido no processo de alfabetização em que a criança pensa sobre a relação entre o todo das palavras e as partes a serem escritas e lidas. Esse livro mostra detalhadamente como as crianças em processo de alfabetização assimilam relativamente as informações disponíveis e interpretam textos escritos antes de compreender a relação entre as letras e os sons.
Autora: Emília Ferreiro
Editora:
Cortez, 1989

7. Ler e Escrever: entrando no mundo da escrita

Na área da educação e do ensino enfrenta-se permanentemente o difícil problema da relação entre a produção de conhecimentos e a operacionalização desses conhecimentos em práticas docentes.
Os autores oferecem uma solução singular. Embora produzido para a realidade do ensino na França, ajuda-nos a enfrentar e resolver os sérios problemas dos formadores de professores e professores brasileiros. O livro apresenta contribuições das pesquisas, ações de formação de professores e transformação das práticas docentes para a melhoria do ensino.
Autores: Anne Marie Chartier, Christiane Clesse e Jean Hebrard
Editora: Artmed, 1996

8. Andar entre livros

Convencida de que os livros são os melhores colaboradores dos professores na educação leitora, Teresa Colomer pretende contribuir na construção de um quadro de atuação educativa que se alimenta tanto dos avanços teóricos quanto da aplicação prática. O livro está organizado em duas partes. A primeira dedica-se a três aspectos que interagem no processo da educação literária: a escola, os leitores e os livros; a segunda expõe a inter-relação destes elementos com quatro possibilidades de leitura que ajudam os professores a programar suas atividades de leitura individual, coletiva e sua possibilidade de expansão em áreas distintas do conhecimento.
Autora: Teresa Colomer
Editora: Global, 2007

9. Os desafios da escrita

Especialista no estudo da história da escrita, o autor reúne cinco ensaios que mostram como o mundo digital está alterando a relação do leitor com o texto impresso. A ação da comunicação eletrônica sobre as publicações tradicionais é questionada. O próprio conceito de livro, para o pesquisador francês, está sofrendo transformações perante a revolução tecnológica propiciada pela comunicação via Internet e pela leitura cada vez mais comum de textos diretamente na tela do computador. Presente e futuro do livro e da escrita são personagens centrais destes ensaios cintilantes.
Autor: Roger Chartier
Editora:
UNESP, 2002

10. Estratégias de Leitura

O livro aborda diferentes formas de se trabalhar com o ensino da leitura. Seu propósito principal é promover a utilização de estratégias que permitam interpretar e compreender de forma autônoma os textos lidos. Enfatizando sempre que o ato de ler é um processo complexo, a autora, utilizando um texto simples e agradável de ser lido, explicita diferentes possibilidades de intervenção numa perspectiva construtivista da aprendizagem.
Autora: Isabel Solé
Editora:
Artmed, 1998

Fazemos Parte

Facebook

Google+