O Estado de S.Paulo: Brasil deixa 80% das crianças de 0 a 3 anos fora da creche, diz levantamento

Um levantamento da Fundação Abrinq baseado em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2009 mostra que 80% das crianças brasileiras de 0 a 3 anos estão fora das creches. O Brasil tem um total 13,6 milhões de crianças de 0 a 4 anos, segundo a Pnad deste ano. Para educadores, faltam investimentos na área.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

NET Educação: A importância de promover práticas de igualdade racial na Educação Infantil

Não é de hoje se fala da importância da conscientização da igualdade racial. Há, inclusive, uma Lei (10.639/2003) que obriga o ensino da História e Cultura Afro-Brasileiras nas escolas. Pensando nisso, o MEC lançou recentemente a publicação gratuita Educação Infantil e práticas promotoras de igualdade racial, que tem como objetivo apoiar os profissionais de Educação Infantil e as Secretarias de Educação a tratarem o tema no dia a dia.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

Instituto C&A: Avisa Lá lança material formativo pela igualdade racial

O Instituto Avisa Lá acaba de lançar o conjunto de materiais formativos “Educação Infantil e práticas promotoras de igualdade racial”. A iniciativa busca apoiar profissionais de educação infantil e secretarias de educação na formação continuada para a inclusão da dimensão da igualdade racial nas práticas pedagógicas das instituições voltadas às crianças de 0 a 5 anos.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

MEC: Educação Infantil e práticas promotoras de igualdade racial

O Instituto Avisa Lá, em parceria com o Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT), a Universidade Federal de São Carlos e o Ministério da Educação, elaborou material para apoiar os profissionais de Educação Infantil e as Secretarias de Educação afim de que desenvolvam propostas pedagógicas comprometidas com práticas que favorecem a igualdade racial, de acordo com o que indicam as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Infantil.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

 

O Estado de S.Paulo: Conselho Nacional de Educação define que creches devem fechar nas férias

O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou ontem um parecer que orienta creches de todo o País a não oferecer atendimento durante as férias. O órgão, ligado ao Ministério da Educação (MEC), refutou a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, que, em março, determinou que a Prefeitura mantivesse creches e pré-escolas abertas durante esse período. O parecer segue para homologação do ministro Fernando Haddad.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

Estadão.com.br: 15,2% das crianças brasileiras chegam aos oito anos de idade sem alfabetização

A taxa de crianças brasileiras que chegam aos oito anos de idade sem estarem alfabetizadas é de 15,2%. Para educadores, a alfabetização tardia pode gerar um descompasso entre idade e aprendizagem e comprometer toda a vida escolar do estudante. O Ministério da Educação lança um grande pacto nacional para “atacar o problema na raiz”. Confira, a seguir, o diagnóstico e a série de propostas sobre letramento e numeramento trazidas pelo Ministro Aloizio Mercadante, por especialistas e pelos participantes do primeiro evento da Série de Diálogos O Futuro se Aprende, que discutiu os desafios da educação pública brasileira.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

TV Escola: Salto para o futuro

A série Coordenação Pedagógica em foco – com a qual o programa Salto para o Futuro, da TV Escola, abre a temporada de 2012 – propõe justamente desafios para a ‘melhoria de qualidade da educação’, na perspectiva de ‘redes colaborativas e comunidades de aprendizagem’. A centralidade do papel do coordenador pedagógico nesse processo é destacada nos textos e nos programas televisivos.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

Jornal da Tarde: SP proíbe matrícula antes da hora

O Conselho Estadual de Educação (CEE) negou o pedido de um grupo de pais de alunos de escolas particulares de São Paulo que solicitava a matrícula de crianças na educação infantil antes que elas completassem a idade mínima exigida para esta etapa de ensino.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra

Revista Educação: O velho problema

Apesar de estar tomando corpo como função estratégica, não há formalização do processo de formação do coordenador pedagógico. Não há curso de graduação ou habilitação específica, tampouco uma especialização obrigatória. Há apenas cursos de extensão variados, como aqueles contratados por escolas particulares ou redes públicas.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra