Rituais de Passagem

Planejamento especial para quem entra e para quem sai de uma instituição educativa

Fotos: Equipe da Escola Carlitos Garatuja: criança do Grupo 1 da escola Carlitos

Fotos: Equipe da Escola Carlitos Garatuja: criança do Grupo 1 da escola Carlitos

Todos os anos, creches e pré-escolas recebem crianças
pequenas, nos grupos iniciais, e promovem as despedidas
das maiores que, aos 6 anos, deverão ocupar vagas na
primeira série do ensino fundamental. Estes momentos –
ingresso e saída de uma instituição de educação infantil –
marcam passagens importantes na vida das crianças, nem
sempre vividas sem alguma dor ou inquietação. Pais e educadores,
que convivem diretamente com os conflitos próprios
desta fase, são peças importantes para assegurar dias mais tranqüilos.
Mas, ainda assim, é fundamental que as instituições se organizem e
planejem para acolher e ajudar quem entra e quem sai a cada anoContinue lendo >

Lasar Segall, um expressionista nas creches

Projeto museu-escola1 apresenta o artista às crianças

As parcerias entre instituições educativas e de cultura têm se mostrado uma ótima alternativa para complementar e enriquecer atividades realizadas com as crianças. Isso mais uma vez se confirmou na recente experiência com o Museu Lasar Segall, que deu às crianças a oportunidade de apreciar as obras originais do artista, refletir sobre elas e produzir belas imagens, como as que veremos a seguir.

Continue lendo >

O primeiro dia da professora

Como planejar sem conhecer as crianças? Esse foi o problema encontrado pela professora Ana Carolina no seu primeiro dia de trabalho. Ela considerou a faixa etária e pensou em propostas simples, com o objetivo de conhecer as crianças reais, sujeitos da relação de ensino e de aprendizagem. Partindo desse ponto de vista aproveitou os projetos que vinha desenvolvendo.

Aqui ela nos conta o que aconteceu nas páginas de seu diário de campo; nos links, trechos do livro O diálogo entre o ensino e a aprendizagem, de Telma Weisz
Continue lendo >

Brincadeiras e Jogos no Parque

Os espaços lúdicos ao ar livre estão presentes na maioria das instituições de educação infantil, mas nem sempre fazem parte do projeto pedagógico. Refletir sobre o tempo dedicado às brincadeiras de parque, os materiais e equipamentos oferecidos, a formação dos grupos e as formas de interação das crianças com o ambiente, entre si e com os adultos, pode contribuir para que a utilização do espaço seja permeada de intencionalidade educativa. Nesta matéria, vamos discutir como planejar o uso do espaço lúdico ao ar livre através de soluções criativas e de baixo custo, que valorizam a brincadeiraContinue lendo >

Cuidados compartilhados – Um planejamento para acolher os pais

Ninguém mais duvida da importância que tem o acolhimento das crianças ao chegarem à escola (avisa lá nº 2). Tão importante quanto ele é o trabalho com as famílias. É comum que os pais alimentem uma expectativa de que seus filhos sejam cuidados, na instituição de educação, da mesma forma individualizada como são cuidados em casa. Na maioria das vezes, sabem pouco sobre as relações e o cotidiano em ambientes coletivos. A desinformação aumenta as dúvidas, gera ansiedade e insegurança, que acabam sendo transferidas aos filhos. Esta atmosfera tensa dificulta a entrada das crianças e o trabalho dos educadores que mediam a passagem de casa para a instituição educativa. Para cuidar desta relação tão delicada, duas creches planejaram o acolhimento aos pais buscando formas de compartilhar os cuidados e a educação das crianças. É o que vamos ver nesta matéria.

Continue lendo >