Programa Formar em Rede +

O Programa Formar em Rede + mais tem por objetivo Fortalecer políticas públicas de Educação Infantil por meio da qualificação técnico-pedagógica do atendimento oferecido às crianças de 4 a 5 anos e 11 meses de idade em pré-escolas”.

O que é o FER+

  • Programa presencial e a distância
  • Dois seminários em São Paulo e dois em cada Município
  • Em SP participam só os técnicos nas regiões diretores, cps e professores também
  • Consultoria individualizada e em grupo à equipe técnica dos municípios que aderirem
  • Curso a distância para professores e cps e diretores
  • Material em PDF para Professores, cps, Diretores e equipes técnicas

Objetivos específicos

  • Formar diretamente as equipes técnicas das Secretarias Municipais de Educação – SMEs, diretores, coordenadores para que assumam o papel de formadores e tenham corresponsabilidade pela qualidade do trabalho oferecido às crianças.
  • Criar uma rede de trabalho colaborativo nas unidades escolares e entre municípios participantes.
  • Incentivar mudanças nas práticas ligadas à leitura, escrita.

Duração

  • O Programa tem duração de 2 anos podendo ser renovável por mais um ano.
  • O processo de renovação da parceria ocorre ao final de cada ano.

Como funciona

  • Dois Seminários presenciais por ano de 16 horas cada em São Paulo/SP para as três formadoras locais. O programa paga as passagens e hotel. Traslados e alimentação por conta do município.
  • No primeiro se apresenta a estrutura e funcionamento do Programa, os projetos e conteúdos da formação, o uso do portal e suas ferramentas. Neste seminário, as formadoras terão a oportunidade de interagir com as formadoras de outros municípios brasileiros, já que é um encontro de todo o Programa, e de apropriarem-se dos conteúdos previstos para o ano 1 do Programa.
  • No segundo seminário ao final do ano, serão tratadas especificidades da formação, dos conteúdos didáticos. Além disso, os municípios apresentarão as suas conquistas.
  • Dois seminários locais, um no primeiro semestre outro no segundo nos quais os formadores do Instituto Avisa Lá trabalharão supervisões aos professores, gestores e técnicos em leitura e escrita.

Ações dos Municípios

  • Cada município disponibilizará 2 técnicos – formadores locais: 2 para a área Pedagógica (foco no trabalho com leitura e escrita)
  • Os técnicos serão responsáveis por fazer os encontros de formação com coordenadores e diretores, estes por sua vez, farão a formação dos professores.
  • Alguns diretores e coordenadores serão sorteados/convidados para participar dos encontros presenciais de formação, também participarão juntamente com seus professores de um curso a distância – sobre Cantos de Leitura no primeiro ano e O trabalho com os nomes próprios no segundo ano. Recebem certificado do IAL por isso.
  • IAL certificará técnicos, diretores e coordenadores. Os professores devem ser certificados pela própria Secretaria.

FORMAS DE CONTRATAÇÃO:

  • Por licitação realizada pelo município
  • Por notório saber
  • Por doação de uma empresa da região que tenha interesse em investir em educação

Notório saber

Dispensa de licitação A inexigibilidade de licitação para a contratação de serviços técnicos com pessoas físicas ou jurídicas de notória especialização somente é cabível quando se tratar de serviço de natureza singular, capaz de exigir, na seleção do executor de confiança, grau de subjetividade insuscetível de ser medido pelos critérios objetivos de qualificação inerentes ao processo de licitação, nos termos do art. 25, inciso II, da Lei nº 8.666/1993 (Súmula nº 264 do TCU).Para conhecer a lei na íntegra, acesse http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8666compilado.htm

A metodologia de formação continuada é descrita no livro Bem Vindo Mundo! Crianças, cultura e formação de educadores (Editora Peirópolis), distribuído pela UNDIME para todos os municípios brasileiros. Dentre seus programas testados e aprovados em mais de 300 municípios está o Formar em Rede para a Educação Infantil que faz parte do Guia de Tecnologias Educacionais do MEC. Estas ações conferem ao IAL notório saber em Educação Infantil, o que facilita a dispensa de licitação, auxiliando assim, a contratação direta.

Doação de empresa local

A lei permite que empresas tributadas no lucro real façam a doação de até 2% de seu lucro operacional para as OSCIP’s, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, como o Instituto Avisa Lá. Este valor é lançado como despesa operacional da empresa doadora, que passa a pagar um valor menor de seu imposto de renda. O Instituto Avisa Lá fornece recibo de doação à empresa doadora.
Para conhecer todos os detalhes do processo de doação, acesse: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9249.htm

O Formar em Rede é um programa que se torna sustentável já que investe na formação de lideranças técnicas do município. O custo de investimento do município na formação a distância de seus profissionais é quatro vezes menor do que se o programa fosse inteiramente presencial.

Participe

Secretarias de educação
• Para seu município aderir ao programa, ligue para (11) 3032-5411 e fale com Núbia ou entre em contato aqui.

Empresas
• Para ser uma empresa parceira do programa nos municípios onde atua, ligue para (11) 3032-5411 com Núbia ou entre em contato aqui.

Fazemos Parte

Facebook

Google+