Revista Avisa lá – Assinatura 2016

Programas

Formar em RedeCapacitarDiretrizes em AçãoAlém das LetrasAlém dos Números Memória Local

Cursos Avisa Lá

Seguindo sua proposta diferenciada já testada em 30 anos de formação continuada de profissionais de educação infantil e ensino fundamental (séries iniciais) a equipe do Avisa Lá desenvolve cursos, oficinas e consultorias em seu ambiente virtual de aprendizagem.

Conheça Mais

Inscrições para os cursos do 1º semestre de 2016

Publicações

A revista Avisa lá é uma publicação trimestral editada pelo INSTITUTO AVISA LÁ. Sua meta é contribuir para a formação de professores de Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental. É totalmente voltada para o desenvolvimento profissional permanente e dá voz aos principais atores da escola: crianças, educadores e seus formadores.

Conheça Mais | Artigos Disponíveis | Assinatura 2016

capa51

Proposta de alfabetização estético-visual em museus

Written by Patrícia Cintra on . Posted in Revista Avisa lá #51

Museus e escolas podem ser excelentes parceiros desde que se saiba como aproveitar melhor as especificidades de cada um

Segundo Mirian Celeste Martins:

A arte é importante na escola, principalmente porque é importante fora dela. Por ser um conhecimento construído pelo homem através dos tempos, a arte é um patrimônio cultural da humanidade e todo ser humano tem direito ao acesso a esse saber1.

Comendo com os olhos, Sem título, de Sofu Teshigahara (desenho Henrique Yuji Ueno)

Comendo com os olhos, Sem título, de Sofu Teshigahara (desenho Henrique Yuji Ueno)

Entender a Arte como conhecimento significa articular a criação/produção, a percepção/análise e o conhecimento da produção artístico-estética da humanidade, compreendendo-a histórica e culturalmente. Foi pensando em garantir experimentações sensíveis e estéticas com o patrimônio artístico e cultural da cidade de São Paulo, do povo brasileiro e de outros povos por meio da mediação educativa que nasceu a proposta “Para comer com os olhos: uma proposta de alfabetização estético-visual a partir de contatos acumulativos mediados em museus”.

O legado da humanidade, construído ao longo de séculos por homens e mulheres em tempos e lugares diversos, é um bem simbólico que nem sempre tem sido respeitado e valorizado. Integrá-lo ao conjunto de saberes na Proposta Curricular de Arte possibilita abordar esses valores.

Nos museus, temos contato com a memória, a criação estética, as elaborações artísticas, a própria Arte, que se estrutura como um sistema simbólico, registrando e expressando experiências estéticas e estésicas3 como manifestações humanas.

Fazemos Parte

Facebook

Google+