Sobe, desce, agacha e pula

Uma proposta para explorar e ampliar os movimentos das crianças de 3 anos
criança brincando

A confiança da educadora nas crianças e o conhecimento sobre o que elas são capazes de fazer possibilitam mais autonomia e maior liberdade

“Queríamos dar às crianças a oportunidade de conhecer mais seu próprio corpo e se apropriar de novos movimentos” – contam as educadoras que pesquisaram as possibilidades corporais das crianças pequenas. Veja como elas aproveitaram materiais e exploraram espaços diferenciados para propor boas atividades neste eixo de trabalho

Uma boa proposta pedagógica sempre parte de um olhar atento do professor sobre as crianças. O trabalho com o eixo de movimento para crianças pequenas, na creche Recanto Infantil Parque Figueira Grande, não fugiu à regra. Lá, tudo começou com uma boa avaliação. Observando as crianças no dia-a-dia, nas suas brincadeiras na sala ou no parque, as educadoras Claudinete Rocha Copari e Maria
Nazareth Eloy perceberam a necessidade de
ampliar suas possibilidades corporais, para que tivessem um maior domínio e pudessem executar novos movimentos, com mais autonomia e intencionalidade.

Fazemos Parte

Facebook

Google+